Dia Internacional da Tolerância Zero Contra a Mutilação Genital Feminina

por Rua Direita | 2018.02.05 - 22:12

 

 

A Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, e a Associação Corações com Coroa organizam amanhã, 6 de fevereiro, um pequeno-almoço para assinalar o Dia Internacional da Tolerância Zero Contra a Mutilação Genital Feminina.

O evento contará com a presença de Catarina Furtado, presidente da Associação e Embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População.

A MGF afeta pelo menos 200 milhões de mulheres e raparigas em todo o mundo e o abandono desta prática está contemplado nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, segundo os quais os países se comprometem a eliminar a mutilação genital feminina até 2030. Esta realidade afeta países de África, Ásia e Médio Oriente, mas também da Europa. Segundo estimativas do Instituto Europeu do Género, na União Europeia cerca de 180.000 raparigas e mulheres por ano estão em risco de ser submetidas a uma MGF.

Em Portugal estima-se que cerca de 6.576 raparigas e mulheres com mais de 15 anos tenham sido submetidas a esta prática. Este é um desafio global.

A esta iniciativa irão juntar-se também várias mulheres da área da moda, do teatro ou da televisão que vêm sublinhar a necessidade de combater o flagelo da mutilação genital feminina, entre as quais Mariana Monteiro (atriz), Teresa Tavares (atriz), Mariama Barbosa (relações públicas da ModaLisboa), Ana Daniela Soares (jornalista) e Namalimba Coelho (assessora de imprensa do Museu Coleção Berardo).

O evento será no dia 6 de fevereiro, às 9h30, no CCC Café.
Local: R. da Junqueira 295/7, 1300-338 Lisboa

Programa:

9h30 – Intervenções de Catarina Furtado e da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro

10h – Debate/conversa informal entre os/as participantes

10h30 – Encerramento – Catarina Furtado

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub