Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana cessa funções

por Rua Direita | 2018.06.01 - 10:00

O Ministro da Administração Interna condecorou o Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana, Tenente-General Manuel Mateus Costa da Silva Couto, com a Medalha de Serviços Distintos Grau Ouro.

A cerimónia de imposição da medalha decorreu no Ministério da Administração Interna e assinalou o fim do exercício de funções do Tenente-General Manuel Couto como Comandante-Geral da GNR.

É para mim uma honra, enquanto Ministro da Administração Interna, fazer este público reconhecimento do papel que teve em mais de quatro décadas de dedicação à causa pública, em funções muito diversificadas”, disse Eduardo Cabrita, para quem o Tenente-General Manuel Couto demonstrou ter uma “notável capacidade de relacionamento com todos aqueles com quem partilhou o cumprimento de deveres”.

“É essa dimensão humana e a carreira militar brilhante, ao serviço dos portugueses, que destaco”, afirmou o Ministro da Administração Interna, sublinhando que “as instituições dependem muito da capacidade pessoal, da abnegação, do sentido de liderança e de dedicação à causa pública de quem nelas exerce funções”.

O Tenente-General Manuel Couto assumiu as funções de Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana a 21 de abril de 2014.

A medalha de serviços distintos é destinada a premiar atos extraordinários individuais ou coletivos ligados à atividade das forças de segurança nos quais se tenham revelado qualidades de bravura, coragem, provado esforço, energia ou grande dedicação em serviço de segurança pública.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub