Carlos Cunha recandidata-se à concelhia do CDS Viseu

por Rua Direita | 2019.02.01 - 19:13

Assumir uma candidatura a uma estrutura local de um partido é um ato de responsabilidade.

A responsabilidade será ainda maior tratando-se de uma recandidatura, algo inédito na história recente do partido no concelho de Viseu.

É um sinal de que quem não acreditou em nós da primeira vez, considera hoje que estamos mais aptos e mais preparados para realizar um melhor trabalho.

Uma candidatura é tarefa que não pode ser empreendida em isolamento! É acompanhado por um conjunto de pessoas que trabalham ou estudam, a quem se reconhece competência e seriedade, e que encontraram disponibilidade para, em equipa, trilhar um caminho ao longo dos próximos dois anos, nos quais pretendemos afirmar o CDS em Viseu e nas nossas freguesias, onde o partido tem perdido força, mas onde outrora já tivemos um peso eleitoral significativo.

É esta força que gostaríamos de voltar a recuperar, honrando a história do CDS e dos seus principais protagonistas.

Quem me conhece sabe que as promessas são curtas, não por falta de ambição, antes pela convicção de que prometer muito e realizar pouco é trilho que não pretendemos seguir.

Esse é um caminho que deixamos para outros! Caminharemos em conjunto com os militantes de sempre, mas também com aqueles que hão-de chegar, sem seguidismos, porém com o espírito crítico, tolerante e respeitador de sempre, tanto com as estruturas dirigentes distritais como nacionais na afirmação de Viseu e das suas gentes!

A quem é militante aqui fica o meu apelo para que compareçam na sede do CDS, entre as 14.00h e as 16.00h horas de sábado, dia 2 de Fevereiro, para exercerem o seu direito de voto!

Um forte abraço!

Carlos Cunha

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub