ASPP/PSP – Protesto em 20 de Abril de 2017

por Rua Direita | 2017.04.02 - 14:13

 

 

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia – ASPP/PSP – deliberou no dia 29 de Março de 2017, por unanimidade, em reunião da sua Direção Nacional, agendar um desfile de protesto para 20 de Abril, que culminará com a entrega de um documento reivindicativo na residência oficial do Primeiro-Ministro.

 

A ASPP/PSP considera que decorreu tempo suficiente para que o Governo responda a questões essenciais para os Profissionais da Polícia e para a Instituição. É inaceitável que tudo sirva de argumento para protelar questões socioprofissionais relevantes para os Polícias.

Algumas das situações que, em nosso entender, necessitam de ser resolvidas com a máxima urgência e cuja demora não se compreende, são as seguintes:

 

●     Conclusão dos concursos abertos para todas as categorias profissionais, no final de 2016;

 

●     Publicação da lista de antiguidades;

 

●     Publicação da lista dos 800 Profissionais que reúnem os requisitos para a pré-aposentação, conforme consta no Estatuto Profissional;

 

●     Descongelamento dos índices remuneratórios;

 

●     Aplicação do Dec. Lei 4/2017 (que elimina o fator de sustentabilidade) a todos os aposentados;

 

●     Rápida homologação das avaliações de 2016 para os efeitos previstos no SIAD/PSP – aumento dos dias de férias por via da avaliação;

 

●     Desbloqueamento da passagem ao índice seguinte dos Agentes e Subcomissários na primeira posição remuneratória;

 

●     Cumprimento integral do Estatuto Profissional.

 

Havendo ainda outras matérias que nos preocupam a todos, estas são as que estão a causar maior instabilidade no seio da instituição e as que os polícias têm como espectativas legítimas para se alcançarem o mais brevemente possível.

Se refletirmos um pouco nestas matérias, todas elas apresentadas de forma clara, quer no estatuto profissional, quer ainda em outras Leis da República, não se entende os motivos de tanta demora e, por conseguinte, o não cumprimento integral do que foi acordado e está devidamente documentado em Lei.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub