Viseu ao “deus-dará”?

por PN | 2018.02.24 - 16:28

 

Cada vez mais recorrentemente é notório o desrespeito pelas mais básicas regras de civismo, na cidade de Viseu.

Quando não são os particulares a expressarem a sua “cidadania”, como o patenteia a imagem captada hoje frente a uma unidade hoteleira, onde, para não ter que andar uns passos a pé, o/a utente, munido do seu 4X4, célere resolveu o assunto, com o belíssimo estacionamento em cima da relva pública, que destruiu, num acto estimavelmente qualificador de quem o praticou…

Mas também, em termos institucionais, em Marzovelos, não se pode elogiar a desatenção, a indiligência de quem sobre o assunto tem responsabilidade, pois o sinal vertical, há muito se “horizontalizou” em cima do passeio, tornando-se uma ratoeira para pessoas portadoras de deficiência, para crianças e até outros munícipes que ali possam “esbarrar” na incúria camarária.

Estes indícios, proliferantes por ali e por aqui, são bem o efeito da relação que se começa a entretecer entre a autarquias e os viseenses.

Para quê fazer, se a autarquia não dá o exemplo?

Porque hei-de eu andar 50 metros a pé para estacionar o meu carro, se o posso estacionar ao “deus-dará”, como ao “deus-dará” andam os sinais de trânsito, deitados nos passeios públicos?