O Reinaldo das finanças

por Vítor Máximo | 2018.04.11 - 17:16

 

 

Tenho a televisão sintonizada num canal nacional de notícias quando, como é habitual na hora do jantar passam aquelas imagens chocantes de tragédias.

Desta feita estão a dar uma reportagem de um país certamente terceiro mundista em que há crianças com problemas oncológicos a receberem tratamento num corredor do Centro Hospitalar de São João no Porto, um horror.
Esperem um segundo, o Porto fica em Portugal, que eu saiba não somos um país do terceiro mundo.
Alguma coisa não deve estar bem. Só pode ser engano da estação de televisão, esses malandros da comunicação social são terríveis.
Será verdade?
Será possível isto acontecer em Portugal? Não. Não acredito.
Mudo de canal e a notícia é a mesma, crianças com cancro num corredor sem as mínimas condições!
Há uns tempos também ouvi que as listas de espera para consultas, exames e cirurgias são intermináveis. Será que também estariam a falar de Portugal?
Raios partam a troika que nunca mais sai daqui.
Desculpem novamente, afinal a troika já saiu!
Agora quem manda nisto tudo é o PS.
Já não percebo patavina disto.
Então nós não temos um super ministro das finanças, que colocou o país nos eixos e com dinheiro a rodos?
Não é o ministro Mário Centeno o Cristiano Ronaldo das finanças?
Querem ver que o dinheiro está debaixo do colchão em vez de ser usado para dar as devidas condições aos portugueses que tanto deram e nada receberam!
Talvez o super ministro queira guardar o dinheiro para salvar mais algum banco que seja apanhado com as calças na mão.
Talvez queira guardar o dinheiro para gastar em ano de eleições.
Não sei e muito honestamente não importa saber. O que realmente importa é que apresentar bonitas contas do estado em prejuízo da qualidade de vida daqueles que já tanto deram e perderam não é justo. É uma hipocrisia criticar aqueles que em circunstâncias bem diferentes tomaram medidas drásticas e que apesar de terem ido além da troika, nunca se esconderam atrás de campanhas de embelezamento mal amanhadas.
Os resultados estão a vista por todo o lado. E nós viseenses nem temos que esperar por notícias do Porto, aqui mesmo ao lado um mamógrafo com 21 anos obriga a exames fora do hospital de São Teotónio.
Não me parece normal e muito menos aceitável.
Quando se pensava que Mário Centeno tinha descoberto a galinha dos ovos de ouro percebemos afinal que não há bela sem senão.
Depois de tudo e depois de tanto merecemos melhor.

Victor Máximo
Militante CDS

Educador de infância. Militante CDS-PP

Pub