O meu vereador do Culturismo preferido

por PN | 2017.11.30 - 15:54

 

 

O J. Sobrado, da Cultura e Turismo, para abreviar, doravante, Culturismo, é “como o Aniceto”, o vereador predilecto da Câmara Municipal de Viseu.

Homem aguerrido, criativo, generoso… foi um Maná que nesta urbe “aterrou” e que ela deve saber homenagear, respeitar e… dar graças ao Altíssimo (não, não falo de Almeida Henriques) por tê-lo encaminhado (e à Bárbara) para as terras de Viriato.

Sempre nutrimos por ele uma grande admiração, pelos seus slogans criativos que poucos entenderam como “Viseu é de 1ª àgua” e mais meia centena deles que seria exaustivo aqui enumerar. J. Sobrado é uma autêntica “las vegas juke box” onde se mete um dólar e saem kilowatts de inspirados “marcadores” de agenda. Mas não só, calma que o que está para vir…

Agora então, enquanto vereador do Culturismo com dinheiro a rodos a sair da torneira para o brilho “disneylândico” do seu glorioso chefe, nos festivais báquicos do tinto e branco (o “rosé” ainda se queixa à comissão do género…), quase que nos está a dizer… Se a água faltar, não se preocupem, bebe-se Dão.

Desta feita, numa das suas glamourosas entrevistas aos serviçais tablóides, J. Sobrado, o ex-assessor da Assembleia da República, incompreendido pela “inconseguida” Assunção Esteves, faz manchete com a esplendente asserção:

“Em Viseu, até o frio tem charme”

Efectivamente que terá, se enfrentado no cálido gabinete onde o AC rondará os 30 graus. Outrotanto não terão pensado, por exemplo, os “cantoneiros” camarários que ontem e anteontem, fustigados pela chuva e pelo vento, varriam pelas zonas nobres desta terra de Dom Duarte, as calçadas e ruas recobertas de folhedo outonal.

Pena é que o Diário de Viseu não os ouça, pois decerto, em vez do “frio charmoso” ouviria, “Sim, menina, está um frio f…..!

 

(Da série “Cromos do Compadre Zacarias”)

Foto com DR