Mais milhão menos milhão…

por Carlos Cunha | 2018.07.20 - 18:52

 

 

Passeio vespertino pelo Centro Histórico a aproveitar a tarde de sexta-feira.

Interroguei-me sobre a razão de ser do CH estar novamente cheio de plantas, que tanta beleza lhe conferem. Os Jardins Efémeros voltaram? Não, uma voz atenta disse-me que esta operação de cosmética se devia ao facto de Viseu ser, neste ano da graça de 2018, a capital europeia do Folclore…

Algo me está a escapar, porque razão não mantiveram a “paisagem” tal como estava nos JE? Podiam ser feitos uns retoques, mas não havia certamente necessidade de mudar todo o décor

Quanto ao tirar da horta pedagógica, plantada pelas crianças das escolas de Viseu e que devia permanecer naquele espaço até ao início de Setembro, só posso afirmar que a autarquia esteve mal ao dar o dito pelo não dito.

Quanto a números, entre Folk e Volta a Portugal, a autarquia viseense irá investir quase 1 milhão de euros, esperando-se que os mesmos tragam retorno, caso contrário, estamos a assistir a mais uma aposta no cavalo errado.

Numa altura em que o investimento público deve ser cada vez mais ponderado e útil, certamente, haveria outras prioridades, mas não seria a mesma coisa, pois não folk’s!

Carlos Cunha é militante do CDS-PP de Viseu e deputado na Assembleia Municipal. Licenciado em Português/Francês pela Escola Superior de Educação de Viseu concluiu, em 2002, a sua Pós Graduação em Educação Especial no pólo de Viseu da Universidade Católica Portuguesa.

Pub