Gonçalo, do clã Ginestal, em meteórica ascensão

por PN | 2017.11.16 - 20:06

 

 

 

O jovem Gonçalo Ginestal, ainda há uns dias à frente da Escola Profissional Mariana Seixas, decerto pelo duradouro mérito demonstrado na sua carreira de docente; ainda há uns dias nomeado director do IEFP de Tondela, decerto pelo mérito demonstrado no sector de Emprego, ou aprendido por osmose do outro irmão, no IEFP de Viseu; apresentou há uns dias a sua candidatura à Concelhia do PS Viseu, decerto pelo mérito da sua longa carreira política ou por transmissão directa de outro ungido de Deus, seu irmão Miguel; GG viu agora o seu nome ser “assoprado” pelo presidente de uma Câmara socialista vizinha para encabeçar a lista para a Assembleia Intermunicipal da CIM Dão Lafões.

Porém, o autarca em questão, terá “obnubilado” um mero pormenor de cariz democrático: esta não é a sua Concelhia e os nomes deveriam ser – e foram – ratificados pelos deputados à Assembleia Municipal de Viseu. E os dois primeiros nomes da lista, António Amaro e Alberto Ascensão, aceitaram a indigitação feita pelos seus pares.

Lembramos que Gonçalo Ginestal é o 5º ou 6º dessa lista e que agora, como na fábula de La Fontaine sobre a Raposa e as Uvas, vai dizendo: — “Eu também não queria…”

 

(foto DR)