Família… mas negócios à parte

por Romira Jamba | 2019.12.23 - 17:47

Isabel dos Santos é uma das mulheres mais ricas do mundo. Consideram-na a mulher mais rica de toda a África com uma fortuna estimada em 3 biliões de dólares.

É filha do ex-presidente de Angola, José Eduardo dos Santos e, apesar de veementemente negar ter alcançado esta fortuna por ser filha de quem é, a opinião pública tem dificuldades em acreditar nisso.

A recente polémica com Ana Gomes, ex-eurodeputada, que a acusa de “usar Portugal para lavar dinheiro”, obteve da visada uma forte reacção tendo-lhe mesmo movido um processo judicial .

Nascida em Baku, no Azerbaijão, com 46 anos, numa entrevista agora concedida à plataforma digital Observador, Isabel dos Santos rejeita que alguma vez tenha sido favorecida pelo pai enquanto Presidente de Angola. A empresária angolana afirma ainda que “não foi escolhida pelo pai para liderar a Sonangol“, mas sim pelo governo angolano, que representa “várias pessoas“, apesar de durante 36 anos os sucessivos governos terem sido presididos por José Eduardo dos Santos. E acrescenta “O Governo “não era presidido pelo meu pai, era presidido pelo Presidente da República.”

Variações semânticas à parte, cada um é livre de ficar naquilo que lhe parece.  Como é livre de pensar na resposta que dá à pergunta se é a mulher mais rica de Angola, ao afirmar que não sabe.

Mais diz que “a corrupção em Angola é um problema que tem que ser combatido“, item no qual somos solidários com ela.

Também não sabe quantas empresas detém. Sabe apenas que “são muitas“, ignorando a facturação dessas empresas.

Feliz Natal!

Romira Jamba

(Foto DR)