Coisas que nos irritam…

por PN | 2019.07.23 - 16:58

Talvez por mor da idade, que já é muita, a tolerância vai-se gradualmente perdendo, neste quotidiano estival.

Talvez por isso fiquemos irritados quando, na circular, cumprindo os 50 km/h definidos, vai à nossa esquerda um “temível“ ibiza negro todo “artilhado” que, e de repente, acelera para queimar o sinal, e envolto numa fumarada vulcânica, consegue ser o primeiro a cortar a “meta”, deixando os utentes cumpridores parados no sinal vermelho.

Provavelmente laparotos descidos das serranias em busca do circuito de Portimão…

Aquela jovem loira e de óculos espelhados “dernier cri”, que estaciona em plena circular para atender o telefone, cigarro na mão direita, tm na esquerda e os 4 piscas ligados a indicar a emergência do acto.

Provavelmente uma laparota subida do vale em busca do cabeleireiro de serviço…

Aquele suv grandalhão a ocupar 3 lugares num parque de estacionamento do retail park.

Provavelmente um “maduro” DDT, com a mania das grandezas, recém-saído da lura e deslumbrado com a luz solar nos olhos…

O fulano de uma empresa de empreitadas que estaciona o mégane na rua Miguel Bombarda, impedindo a passagem do camião das “águas” e da longa fila que atrás se forma. O condutor era civilizado, doutro modo corria o risco de quebrar algum retrovisor.

Provavelmente um “mestre de obras” afanoso com os muitos trabalhos em andamento…

Finalmente, o “habilidoso” que mete dentro a grelha do carro que está atrás, a estacionar com toda a competência que Deus lhe deu e a escola de condução lhe reconheceu. E de seguida, de “fininho”, vai estacionar noutro local.

Provavelmente uma besta em liberdade a estabelecer contactos de grande intimidade…

Não há paciência para tanto vandalismo, incivilidade e… (escolha o leitor!).

Paulo Neto

(Foto DR)