Centro Oncológico de Viseu: o despudor da mentira

por PN | 2019.01.16 - 18:26

 

O “raríssimo” ex-sE da Saúde Manuel Delgado acompanhado do engenheiro-comendador-administrador-presidente António Borges inaugurou esta bonita placa no dia 6 de Maio de 2017, uma ensolarada sexta-feira a prenunciar auspicioso futuro para o Centro Oncológico do CHTV.

Um ano depois, a 6 de Maio de 2018, a placa mantinha-se em pé, provavelmente por extremosos cuidados do presidente da Federação PS Viseu.

Em breve fará dois anos. A placa já não se vislumbra. Ou lhe perdemos o tino, ou a vegetação invasiva, com pudor da mentira, a envolveu, ou – derradeira hipótese – algum cidadão com pudor, a mando, a retirou.

Portugal tem um governo PS. A Federação do PS Viseu nenhum peso político tem, ou se o tem não o demonstra com atitudes factuais palpáveis.

Os deputados do PS local são três: Lúcia Silva, Rui Cruz e Marisabel Moutela. O promissor ministro da tutela de então Adalberto Campos Fernandes, não passou de uma breve estrela cadente no universo tutelado.

Quanto aos viseenses, como sempre, ficam a ver estrelas, planetas e cometas. Não conseguem é ver algo de proveitoso, indispensável e imperioso: o Centro Oncológico.

Ninguém fica bem nesta fotografia. O pior é ou foi a mentira em que assenta ou assentou.

Diz o povo sábio e sério que “Quem não pode não promete”. Pena é que os políticos da nossa praça só lhe dêem aparentemente ouvidos em período de eleições.