CÂMARA DE LAMEGO TEM ASSOCIAÇÕES DE PRIMEIRA E DE SEGUNDA

por Manuel Ferreira | 2016.03.13 - 23:49

 

 

Desta vez ficámos a saber mais uma das habilidades do Presidente e do seu executivo municipal em regime de permanência. É que, depois de aprovados os respetivos apoios às associações económicas, desportivas e culturais em sede de reunião de Câmara, resolveu assinar os protocolos e pagar às coletividades a que muito bem lhe apeteceu. À boa maneira de “quero, posso e mando”, acabou por criar um mal-estar entre as associações e perturbar o normal relacionamento institucional entre aquelas.

Aliás, este tem sido o comportamento normal do Presidente. Um comportamento de profundo sentido de injustiça e de discriminação na análise de muitas situações e no tratamento de muitos assuntos de relevo para o Município. Foi preciso algum tempo, porventura muito tempo, mas agora as pessoas, singulares e coletivas, começam a ver a verdadeira natureza da ação do Presidente. Progressivamente, está a cair o disfarce e a ideia sebastianista de um Presidente presente e que trata com equidade e respeito todos os seus munícipes.

Só a falta de bom senso ou já um certo desleixo no exercício do cargo pode levar um Presidente a considerar que as outras associações não tinham, de igual modo, urgência em estabelecer os protocolos e receber a verba que lhes fora atribuída para desenvolverem as suas atividades.

A meu ver, todas as associações deviam ter sido contempladas no mesmo lapso de tempo, de modo a não existirem melindres e mal-estar desnecessário. É que, nesta matéria, como em outras, um Presidente não pode ter manifestações e estados de alma que o levam a fazer avaliações e apreciações que suportam a ideia da existência de coletividades de primeira e de segunda.

Manuel Ferreira tem 49 anos e nasceu em Lamego. Casado, dois filhos. É licenciado em Filosofia pela Universidade de Letras do Porto. Possui a Especialização em Administração e Gestão Escolar e é Mestre em Filosofia em Portugal e Cultura Portuguesa.
Militante socialista desde 1996, foi membro da Assembleia Municipal de Lamego entre 1997 e 2001 e Secretário do Gabinete de apoio do pessoal do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lamego entre 2001 e 2005 e membro da Comissão Política durante vários anos.
Atualmente é Presidente da concelhia de Lamego do PS e membro da Comissão Política da Federação de Viseu.

Pub