ALDEIA SEGURA MAS SEM GOLA

por Paulo Marques | 2019.07.30 - 10:26

A Silly Season tem destas coisas. À falta de notícias e de fogos, logo se arranja algo para queimar. No caso, as golas.

Alguém se lembrou, ou descobriu, que as golas anti fumo do kit de autoproteção da Aldeia Segura são inflamáveis. Assunto sério, grave… talvez. Não creio.

Não se debruçarem sobre a utilidade das golas e para que efeito estão presentes também é grave. São golas anti fumo, ou seja, para os mais distraídos, servem para ajudar nos momentos em que há muito fumo.

Descobriram também que é um perigo combater um incêndio pois a gola é inflamável. Esquecem-se, contudo, que estas golas anti fumo são usadas nas aldeias seguras, usadas por quem está pré estabelecido e cujas funções são encaminhar as pessoas para o local seguro da aldeia e assim escapar a um eventual incêndio e evitando evacuações.

Pasme-se… não só a ideia não é combater o incêndio usando golas, como serve de auxílio a quem direciona os habitantes para um local seguro, logo, longe de qualquer incêndio.

Obviamente que tudo deve ser investigado, o preço, a adjudicação, o que quiserem, porque a transparência nunca é demais. Só se lamenta que, como demasiadas vezes acontece (efeito CMtv talvez), o acessório seja mais importante que o principal.

Foram entregues 1300 kits de autoprotecção no âmbito do projeto “Aldeia Segura Pessoas Seguras”. Não será mais importante saber quantas foram efetivamente implementadas?

Mais do que saber se as golas são ou não inflamáveis não será mais relevante questionar se todo o dinheiro gasto serviu para alguma coisa? Se houve efetivamente resultados? Afinal quantas Aldeias Seguras há?Todas as 1300? Metade? Algumas? Quantas? Esse é um número que pode e deve ser dito e explicado pois com tanta publicidade Institucional era importante perceber se o Estado nas suas mais variadas formas, do Governo às Autarquias Locais, fez o que preconiza.

A título de exemplo, e porque nem tudo é mau, salienta-se a criação, na passada semana, da primeira Aldeia Segura do Concelho de Vila Nova de Paiva.

A aldeia de Adomingueiros é a primeira Aldeia Segura num Concelho que figura no top 5 dos que têm maior risco de incêndio a nível nacional.

Andou bem o Presidente da Junta de Freguesia de Touro, Mário Morgado, bem como o grupo de proteção Civil por si criado na freguesia.

Que seja um bom começo, a primeira de muitas, de todas as aldeias seguras.

Porque com golas ou sem golas, o importante é mesmo proteger as nossas aldeias e os seus habitantes.

Paulo Marques