Sernancelhe – Festa mais rija não há!

por Rua Direita | 2017.10.30 - 14:25

 

 

Decorreu nos passados dias 27, 28 e 29 de Outubro a 25ª edição da FESTA DA CASTANHA, em Sernancelhe.

 

De ano para ano este evento vem a ganhar uma enorme dimensão, pela qualidade e rigor do certame e pela imensa adesão de público visitante.

Esta ano, os milhares de visitantes foram tantos que, a certas horas da tarde, só era possível arranjar estacionamento a quase um quilómetro de distância. A castanha foi uma incontestada rainha e, em seu torno, congregaram-se dezenas de produtos endógenos que iam desde o mel, ao queijo, aos enchidos, ao fumeiro, à fruta, ao vinho e, outros produtos colateralmente ligados, como as máquinas agrícolas, a olaria, a latoaria, a música popular, a boa gastronomia regional, etc.

Além desta principesca oferta, muitas foram as actividades lúdicas propostas, realçando os concursos de castanha, o 1º Passeio Equestre “Rota da Castanha”, o passeio pedestre “Rota da Castanha e do Castanheiro”, com mais de 600 inscritos, o Vº Capítulo da Entronização da Confraria da Castanha Soutos da Lapa, o “10º Passeio BTT Rota da Castanha e do Castanheiro”, que juntou mais de um milhar de “bttistas” de todo o país, tudo isto com muita música à mistura, com o programa em directo da RTP1 “Aqui Portugal” e com a inauguração do evento, na sexta-feira,  pelo secretário-geral do PSD, Pedro Passos Coelho, que fez questão de visitar todos os expositores presentes.

Este rigor, esta disciplina, este “tudo a correr bem” tem o rótulo da Câmara Municipal de Sernancelhe e dos parceiros que congrega em seu torno para a irrepreensível organização desta megafesta, que é a maior homenagem nacional – que eu conheça – à castanha e ao castanheiro.

O Rua Direita andou por lá dois dos três dias. Aqui lhe deixamos imagens, do Paulo Pinto e da RD.

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub