“Oito Mãos, Monumentos com Música Dentro”.

por Rua Direita | 2018.07.28 - 11:07

Se estiver a passear pelo Douro e se, de repente, entrar num monumento e ouvir música não se admire. A razão tem um nome: “Oito Mãos, Monumentos com Música Dentro”.

 

É um festival que se apresenta como único e original porque envolve exclusivamente quartetos e os concertos ocorrem unicamente em património classificado ou de interesse municipal.

Pode ser que encontre um quarteto de harpas, violoncelos, acordeões e muitas outras formações e pode ouvir jazz, música erudita ou world music.

Esta 4ª edição de “Oito Mãos, Monumentos com Música Dentro” começou em Mesão Frio e vai percorrer, até setembro, todos os 19 concelhos pertencentes à Comunidade Intermunicipal do Douro.

 

Divulgar o património, edificar uma rede de concertos regulares, servir as populações e difundir a música e músicos são as grandes propostas deste sui generis festival.

Apoiada pela  CIM Douro, esta vai ser  a maior edição  de um evento que já demonstrou ser  um verdadeiro acontecimento cultural porque contribui para  uma efetiva dinâmica regional promovendo a região do Douro como um todo.

Nas últimas três edições, “Oito Mãos, Monumentos com Música Dentro”  realizou-se em  26 monumentos em todo o Trás-os-Montes e Alto Douro.

A apresentação formal será no próximo dia 30 de Julho, segunda-feira, às 11h na Igreja Matriz de Torre de Moncorvo.

 

AAraújo

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub