O mais antigo castanheiro de Portugal, em Beira Valente, vai ser visitado no Dia Mundial da Árvore

por Rua Direita | 2017.03.20 - 19:27

 

 

Esta terça-feira, 21 de março, comemora-se o Dia Mundial da Árvore, da Floresta e da Poesia.

Em Moimenta da Beira o programa que assinala da data tem o enfoque num castanheiro que segundo especialistas será provavelmente o mais antigo (e um dos maiores) exemplar que se encontra em Portugal, com uma idade entre os 1300 a 1600 anos. De dimensões gigantescas, o tronco tem 13 metros de perímetro (o que lhe dá um diâmetro médio de 4.15m), a copa 20 metros de diâmetro, e tem de altura máxima 15 metros. Encontra-se num terreno privado, perto da estrada que liga a povoação de Beira Valente a Leomil, no concelho de Moimenta da Beira. Pode ser encontrado nas seguintes coordenadas: N40°59’41.07″ W7°38’35.97″.

O programa da visita, elaborada pela Câmara Municipal de Moimenta da Beira em colaboração com o Agrupamento de Escolas, vai durar toda a manhã e envolver a comunidade escolar de Moimenta da Beira, Leomil e Alvite (abrangerá a AMAI e a Santa Casa), num total de cerca de 500 alunos da pré ao 1º ciclo.

Junto à árvore milenar de Beira Valente estão previstas ações de sensibilização para a preservação do meio ambiente.

O restante programa, no período da tarde, incluirá atividades à volta da poesia, entre elas dependurar pedaços de papel com poesia escrita em ramos de árvores plantadas em largos e praças de Moimenta da Beira, Leomil e Alvite.

A Escola Profissional de Moimenta da Beira desenvolverá também, no espaço da sua quinta, ações de sensibilização que marquem a data.

 

Rui Bondoso
(Gabinete de Comunicação)

 

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub