“Noite” de Graeme Pullyen

por Rua Direita | 2017.03.29 - 22:50

“Noite” é o mais recente espectáculo de Graeme Pullyen, desenvolvido em co criação com a atriz Sofia Moura. Concebido para a companhia Comédias do Minho, Noite conta uma equipa artística e técnica quase inteiramente natural ou residente em Viseu.

 

Desafiados a criar um espectáculo para alunos do Ensino Pré-escolar e famílias, Graeme Pulleyn e Sofia Moura desenvolveram, através de um processo de improvisação e de cruzamento da dança, do teatro e das linguagens dos contadores de histórias, um espectáculo com forte vertente visual, que puxa pela imaginação e que mexe com as emoções. A peça propõe uma viagem entre a realidade e o sonho, durante a qual a personagem principal, a pequena Perséfone, procura responder à difícil pergunta: Para que serve a noite?

 

Noite estreou no dia 22 de Março na Biblioteca de Melgaço e conta com uma digressão de 45 apresentações nos cinco concelhos do Alto Minho. Está ainda prevista uma digressão nacional incluindo apresentações em Viseu.

NOITE

Encenação e co-criação Graeme Pulleyn

Interpretação e co-criação Sofia Moura

 

Perséfone, uma menina de 5 anos faz uma viagem inesperada com a sua mãe, da cidade para uma aldeia no interior de Portugal (podia ser de Lisboa para o Minho) para visitar a avó que está doente. Esta noite vai ter que dormir sozinha, no quarto onde a mãe dormia quando era pequena. Quarto este recheado de sombras estranhas, ruídos assustadores e um baú que esconde os segredos da noite. Até o peluche, que lhe faz companhia, não é o dela. E surge na cabeça da pequena Perséfone a grande questão. “Para que é que serve noite?”. Pouco a pouco vai ganhando coragem para enfrentar os seus medos e com a ajuda da Dona Noite e do Capitão Escuro a menina heroína embarca numa viagem emocionante à descoberta dos segredos da noite.

Este espectáculo, dirigido a um público infantil (3-6 anos) e familiar é uma criação original de Graeme Pulleyn e Sofía Moura. Num processo de improvisação, que cruza as linguagens da dança, do teatro e dos contadores de histórias, os dois artistas de Viseu procuraram criar um espectáculo com uma forte vertente visual, que puxa pela imaginação, que mexe com as emoções e com uma forte narrativa que agarra miúdos e graúdos. A peça foi concebida como uma viagem algures entre a realidade e o sonho, durante a qual Perséfone vai conhecendo as criaturas e as personagens da noite e vai percebendo que a noite é um mundo para descobrir. Sofia Moura desdobra-se nas múltiplas personagens desta história que só termina com o nascer do sol e o chilrear dos passarinhos.

Noite surge de um convite ao encenador Graeme Pulleyn que se rodeou uma equipa quase inteiramente natural ou residente em Viseu para dar corpo a este desafio.

Este espectáculo é uma produção das Comédias do Minho, companhia sediada em Paredes de Coura e que serve os cinco concelhos de Paredes de Coura, Valença, Melgaço, Monção e Vila Nova de Cerveira.

 

Ficha Técnica e Artística

Entidade Produtora Comédias do Minho

Encenação e co-criação Graeme Pulleyn

Interpretação e co-criação Sofia Moura

Assistência de Encenação Inês Amaral Mendes

Desenho de luzes Vasco Ferreira

Direcção do projecto pedagógica das Comédias do Minho Alice Silva

 

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub