Mangualde – Prisão preventiva por furtos qualificados

por Rua Direita | 2017.11.24 - 14:45

 

 

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Mangualde, no âmbito de uma investigação por vários furtos qualificados, no dia 22 de novembro, apresentou, ao Tribunal Judicial de Viseu, um dos suspeitos sobre quem recaía um mandado de detenção europeu, com origem num processo em investigação na GNR.

Os indivíduos, com idades entre os 30 e os 40 anos, atuavam como grupo organizado e efetuavam furtos de forma indiscriminada em empresas situadas em parques industriais em diversos locais do território nacional, com maior incidência no distrito de Viseu, entre novembro de 2015 e maio de 2016, tendo furtado mais de 1.5 milhões de euros em bens, como dinheiro, máquinas e equipamentos informáticos, para além de causarem danos materiais às empresas. Nas deslocações, os suspeitos utilizavam viaturas de matrícula espanhola e transportavam o produto dos furtos para Espanha.

No decorrer da investigação, um dos suspeitos, estrangeiro de 33 anos, foi detido pelas autoridades na Alemanha, através da cooperação policial internacional, INTERPOL, tendo sido entregue à GNR, que o apresentou ao Tribunal Judicial de Viseu, onde lhe foi decretada a medida de coação de prisão preventiva.

 

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub