Espumante “Terras do Demo” eleito o melhor em prova cega

por Rua Direita | 2017.06.29 - 20:26

 

 

É distinção atrás de distinção. A última foi alcançada há dias numa prova cega organizada pelo programa “Imperdíveis” (que foi para o ar na última segunda-feira, 26 de junho), espaço televisivo do “Porto Canal” dedicado ao vinho e à gastronomia, cujo foco incide nas grandes quintas produtoras de vinho português e de vinho do Porto, que dá a conhecer os vários eventos dedicados à vitivinicultura, assim como novos locais e espaços de degustação.

Entre cinco marcas de espumante (rosé), com valores de venda ao público até 12 euros a garrafa, o “Terras do Demo”, Rosé Bruto de 2014, foi eleito o melhor, por ser, segundo o painel de provadores, “fantástico”, “muito bom”, “charmoso”, “equilibrado”, entre outros adjetivos elogiosos para a marca produzida pela Cooperativa Agrícola do Távora, sediada em Moimenta da Beira.

Na prova cega estiveram dois espumantes da região “Távora-Varosa” (Terras do Demo e Murganheira) e três da “Bairrada” (Quinta das Bágeiras, Quinta do Ortigão e Filipa Pato).

 

Classificação:

1º – Terras do Demo

2º – Filipa Pato

3º – Quinta das Bágeiras

4º – Murganheira

5º – Quinta do Ortigão

Só neste primeiro semestre de 2017, a marca de espumantes de Moimenta da Beira já foi distinguida três vezes. Em abril, o ‘Prémio Excelência’ no concurso “Uva de Ouro 2017”; em maio no “Concurso Mundial de Bruxelas”, que já nas edições de 2015 e 2016 tinha premiado com ‘ouro’ um rosé “Terras do Demo”; e agora na prova cega promovida pelo “Porto Canal”. Recordar ainda o ‘ouro’ conquistado, também em 2015, no “Sakura Japan Women’s Wine Awards”, o maior concurso de vinhos do Japão.

A região Demarcada do “Távora – Varosa”, onde tem sede a Cooperativa Agrícola do Távora, região, dadas as suas condições únicas (solos graníticos, primários e pobres em calcário, altitudes elevadas, clima temperado continental, entre outras), faz com que se traduza num lugar privilegiado para a produção dos melhores vinhos e espumantes nacionais, e ainda da maçã, particularmente a tão apreciada variedade “Bravo de Esmolfe”.

São os rios Távora e Varosa que dão o nome à região constituída pelos concelhos de Moimenta da Beira, Sernancelhe, Tarouca e ainda algumas freguesias dos municípios de Penedono, S. João da Pesqueira, Tabuaço, Armamar e Lamego.

Rui Bondoso

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub