ESCOLA DE PASTORES ARRANCA NA ESAV

por Rua Direita | 2019.09.27 - 09:33

A Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV) dá início dia 27 de setembro, sexta-feira, a partir das 9h00, na sala 5, à primeira edição da “Escola de Pastores”

Esta nova formação surge no âmbito do Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro e envolve 14 parceiros, um dos quais o Politécnico de Viseu.

A Escola de Pastores, que registou cerca de 160 candidaturas, tem uma duração de 560 horas e tem como propósitos contribuir para o reforço e rejuvenescimento da atividade, promover a inovação e conhecimento dentro da fileira dos queijos da Região Centro, qualificar empreendedores e dotá-los das competências necessárias para o desenvolvimento da atividade, de forma profissional e rentável. Incorporar conhecimento nos produtos e atividades tradicionais para os valorizar e tornar mais competitivos e rentáveis é o grande desígnio desta formação.

A formação vai ser ministrada pela ESAV e Escola Superior Agrária do Politécnico de Castelo Branco. Em Viseu, a formação incidirá a sua ação no âmbito da DOP “Serra da Estrela”. A componente prática abrange os concelhos de Viseu, Gouveia e Oliveira do Hospital. Os 19 candidatos selecionados são provenientes de diferentes setores, com habilitações que variam entre a escolaridade obrigatória e a licenciatura, e origens geográficas para lá da região DOP e mesmo com a participação de um estrangeiro.

Para o presidente do Politécnico de Viseu, professor João Monney Paiva, esta nova formação tem “uma profunda ligação telúrica à natureza e assenta em duas grandes vertentes: a necessidade de valorizar os nosso produtos, assegurando de igual modo a segurança alimentar, e a criação de condições de aprendizagem para atividades e profissões tradicionais, facultando conhecimentos práticos e científicos”.

O presidente da ESAV, professor António Monteiro, relevou a importância da Escola de Pastores “na valorização dos produtos endógenos e a esperança de que esta possa ser um pólo renovador do setor e que contribua para valorizar o produtor, o pastor e a importância do trabalho que desenvolvem”.

A apresentação pública da Escola de Pastores decorreu no dia 23 de setembro, na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), e contou com a presença do presidente do Politécnico de Viseu e do presidente da ESAV, bem como dos presidentes da CCDRC, Inovcluster, IPCB e ESACB.

Joaquim Amaral

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub