Do chiado dos carros de bois até hoje (saudades da terra)

por Rua Direita | 2017.11.14 - 14:06

“Viseu em Lisboa”

Remontam aos anos 90 os primeiros encontros organizados de Viseenses em Lisboa.

Como sempre um bom petisco era o motivo principal e o passa‐palavra a senha da reunião.

Durante o repasto todos os temas eram assuntos importantes mas quando se faziam as contas lá vinham as saudades do arroz de míscaros, do entrecosto cozido com grelos, do frango do Caçador, do rancho do Zé Povo ou do bacalhau da Tia Iva. “Ai quem nos dera, …” ouvia‐se.

Em meados dos anos 90 começou a ser famoso o Restaurante “O Tibério” em Bucelas cujo proprietário era de Viseu, contemporâneo de alguns, e que ganhava fama pela sua cozinha original beirã devidamente premiada. Lá tudo era bom, dos produtos de origem garantida à exímia cozinheira, esposa do proprietário. Atraídos pelos míscaros acabadinhos de chegar, pelas enguias da Feira, ou pelas saudades de uma boa conversa, lá se combinava um jantar em Bucelas, sempre a meio da semana e por vezes com um Viseense convidado a falar sobre a cidade, um livro ou a ler uma poesia. Eram serões muito animados, divertidos e devidamente regados. A distância e o incremento das medidas de segurança e controlo rodoviário começaram a ser fortes barreiras aos encontros no Tibério.

A apresentação do livro “porViseu’60s” em Lisboa em Fevereiro de 2012 na Livraria “Ler Devagar”, propriedade de um Viseense, reuniu cerca de uma centena de pessoas e despertou de novo o interesse por estes encontros gastronómicos aperiódicos. Com o nome de “Viseu em Lisboa” criou‐se uma Comissão ad hoc organizadora, procuram‐se Restaurantes com ofertas de cozinha tradicional preferencialmente beirã, e mobilizam‐se os Viseenses por e-mail. Na configuração actual dos jantares há um Convidado ligado a Viseu que dissertará sobre um tema previamente combinado que pode ser um livro ou uma bela história de vida.

Eis-nos preparados para um bom encontro “Viseu em Lisboa” no próximo dia 28/11, 3ª feira, a partir das 19H30 com um convidado especial que tem o privilégio único de ser alfacinha, beirão de 4 costados, sobrinho neto do Dr. Álvaro Monteiro, ilustre e prestigiado Advogado em Viseu, de quem muitos ainda se recordarão.

 

Falamos de Henrique Monteiro, Director Geral Adjunto de Informação na Impresa, um Senador do jornalismo em Portugal que escreve o que pensa sem pedir licença, e que nos propõe o curioso tema: “Do chiado dos carros de bois até hoje (saudades da terra)”.

De novo e em exclusivo no Zambeze Restaurante em Lisboa, nas condições habituais, com a seguinte ementa:

Mix de entradas: Enchidos da beira | Chamuças| Patanicas de bacalhau | Queijo brie panado| Manteigas | azeitonas | azeite;

Sopa: Caldo Verde​; ​Peixe: Filete de robalinho com brandada de bacalhau; Sobremesa: Tarte suprema de coco; Vinhos Dão Casa da Ínsua

​Inscrições abertas respeitando a ordem cronológica de recepção com confirmação por e-mail.
Preço de 20€ que inclui 2 horas de estacionamento.​

 

 

porViseu

eduardopinto

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub