BE envia requerimento à Câmara de Santa Comba Dão sobre as estátuas de Salazar

por Rua Direita | 2019.12.20 - 14:04


Existem duas estátuas com a figura de Salazar guardadas pela Câmara de Santa Comba Dão. Uma delas poderá ser exibida na cidade em local ainda a definir. A Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda assume-se manifestamente contra essa possibilidade, que considera uma ofensa e um ultraje aos valores da democracia e da liberdade.

As duas estátuas estiveram durante anos nos jardins do Palácio Foz, em Lisboa. Em 2017 foi assinado um protocolo entre a Câmara Municipal de Santa Comba Dão e a Direção Geral do Património Cultural que disponibilizou as estátuas à Câmara, alegadamente estabelecendo que o município tem que assegurar a criação de condições adequadas à conservação e exposição das peças. O Bloco de Esquerda enviou requerimento à Câmara para aceder ao protocolo assinado com a Direção Geral do Património Cultural, no intuito de perceber quais os contornos exatos do mesmo.

O Presidente da Câmara, Leonel Gouveia, tem negado prestar esclarecimentos aos órgãos de comunicação social sobre este assunto, contribuindo deste modo para adensar a atmosfera de desconfiança sobre o processo que colocou as estátuas na posse da Câmara e o fim que lhes vai ser dado.

A posição do atual executivo da Câmara Municipal de Santa Comba Dão face a Salazar e ao Estado Novo já levantou dúvidas noutros momentos. A Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda não compactua com a reprodução legitimadora do fascismo sob a justificação reducionista de um apressado “interesse histórico”, tendo já emitido um comunicado em julho do presente ano sobre o projeto para um Centro Interpretativo do Estado Novo em Santa Comba Dão. 

O Bloco de Esquerda de Viseu considera que quando o assunto é Salazar ou o Estado Novo o que está verdadeiramente em causa não é o interesse histórico, mas uma legitimação e normalização da história do fascismo, da ditadura e do seu ditador.

A Comissão Coordenadora Distrital aguarda resposta da Câmara de Santa Comba Dão ao requerimento e acompanhará de perto o desenvolvimento da situação, bem como de quaisquer outros episódios que ameacem tornar-se formas de branqueamento do Estado Novo.

P’la Comissão Coordenadora Distrital de Viseu,

Carolina Gomes

Projecto na área da comunicação social digital, 24 horas por dia e 7 dias por semana dedicado ao distrito de Viseu

Pub