Menu   

Carla Augusto

28.11.2013
A metáfora – A inevitabilidade no discurso com que se diz o mundo

Em Outras Inquirições, Jorge Luis Borges apresenta os argumentos de Croce e de Chesterton contra e a favor da metáfora. Partindo da alegoria de Dante, que teria pensado «a razão e a fé operam a salvação das almas» e «a filosofia e teologia conduzem-nos ao céu» até à sua formulação final onde Virgílio e Beatriz substituem os termos anteriores, Borges reforça os argumentos de Chesterton na defesa da metáfora da seguinte forma.

Colaboradores, última actividade

O regime Jurídico do Registo Central do Beneficiário Efetivo (RCBE), encontra-se previsto e regulamentado no artigo 34º da Lei nº 89/2017 de 18 de agosto, cuja regulamentação consta da Portaria nº233/2018, de 21 de agosto (com Declaração de Retificação nº 33/2018, de 9 de outubro). O Beneficiário Efetivo é “a pessoa ou pessoas singulares que, […]

24 de Abril, 2019

Até podia começar por tentar Mudar Viseu, como aliás foi sua proclamada promessa eleitoral – e em boa verdade nunca ninguém instituiu tanta cultura da “farra” como ele – mas o edil-mor do burgo quer mudar o mundo. Aplaudimos mais esta ideia peregrina prescientes da megalomania de que faz apanágio e cientes de que, quem […]

23 de Abril, 2019

O Executivo Municipal anunciou recentemente a revisão do regulamento do Viseu Invest – principal medida de política pública municipal para captação de investimento – facto que não deixa de ser curioso e mesmo contraditório pois afirmando o executivo que a política de investimentos está a ter resultados não deixa de assumir a necessidade de rever […]

23 de Abril, 2019

Depois das amêndoas e ovos da Páscoa, do pão-de-ló e dos folares que fizeram parte da mesa de cada casa e família que se reuniu na aldeia para receber o Compasso – que é a visita do padre para bênção do lar e dos seus habitantes, e que representa a entrada de Jesus Cristo no […]

22 de Abril, 2019